DVG-5004S, DVG-5008S e DVG-2016S proporcionam economia de 30 a 40% com telefonia

A D-Link, líder mundial no fornecimento de soluções de redes, segurança, armazenamento de dados e vigilância IP, apresenta os gateways VoIP DVG-5004S, DVG-5008S e DVG-2016S, compostos, respectivamente, por 4, 8 e 16 portas de voz para conexão direta de aparelhos telefônicos. O principal benefício dos novos produtos é o fato de propiciarem às empresas uma economia de 30% a 40% nas contas de telefonia.

Diante da crise econômica mundial, uma das principais necessidades do mercado corporativo é reduzir custos. “Ideais para qualquer empresa, principalmente às de pequeno e médio porte, os equipamentos com tecnologia VoIP da D-Link são ótimas alternativas para a diminuição de gastos com telefonia”, afirma Nelson Ito, gerente de desenvolvimento de negócios da companhia no Brasil.

Os equipamentos convertem o tráfego de voz em pacotes de dados para a transmissão por meio da Internet ou da rede WAN das companhias, combinando as mais avançadas tecnologias e funcionalidades de voz sobre redes IP. Os gateways são compatíveis com o protocolo SIP, que é utilizado pela maioria dos provedores VoIP para sinalização de telefonia IP, além de estabelecer, modificar e finalizar chamadas telefônicas VoIP.

Com uma ótima relação custo-benefício, os gateways têm como diferencial a simplicidade e o baixo investimento necessários para a migração do sistema de telefonia tradicional para telefonia IP, permitindo aos usuários manterem a infra-estrutura de cabos, telefones e aparelhos de fax.

“Basta conectar os aparelhos telefônicos analógicos aos gateways para transformá-los em telefones IP, o que significa ausência dos problemas de interoperabilidade e estabilidade da rede telefônica”, explica Nelson Ito.

Outras características importantes da linha de gateways VoIP da D-Link são: suporte a funções de QoS (Qualidade do Serviço), para garantir que os pacotes de voz que trafegam por meio da Internet tenham a mesma qualidade do sistema de telefonia convencional, e recursos avançados de roteamento para permitir aos usuários o compartilhamento do acesso à Internet.

Fonte: Wagner Hiroi
www.segs.com.br